5 de agosto de 2021 09:36

Trabalhando de domingo a domingo à exaustão, servidores de carreira da Vigilância Sanitária de Três Lagoas buscam assegurar a saúde dos três-lagoenses

Se alguém dissesse há 3 anos que o mundo viveria uma crise por meio de uma Pandemia como a que estamos vivendo com a COVID-19 ninguém acreditaria. Assim como outros países, estados e municípios, Três Lagoas também está no meio deste caos com profissionais da saúde e servidores municipais trabalhando até à exaustão para diminuir os números de positivados e mortos cada vez mais altos no Município.

Com o intuito de tentar diminuir estas marcas invisíveis, porém permanentes e dolorosas na alma de quem vive na pele o medo ou a dor de perder um ente querido, desde o início da pandemia, os fiscais da Vigilância Sanitária de Três Lagoas tem trabalhado incansavelmente, de domingo a domingo, para prevenir a disseminação do vírus SARS-COV-II.

Segundo o diretor da Vigilância Sanitária, Christovam Bazan, o trabalho é realizado via diligências para inibir aglomerações, festas e garantir que as medidas preconizadas pelas Entidades de Saúde Públicas, tanto nacionais quanto internacionais, sejam cumpridas, visando sempre a saúde da população três-lagoense.

“As ações ocorrem de domingo a domingo, nos períodos matutino, vespertino e noturno, de forma incansável e de maneira digna, objetivando o máximo cuidado à saúde da população. Muitas vezes a fiscalização se estende até a madrugada, outras vezes, até o raiar do dia, mas sempre zelando para que a população não sofra mais perdas como as que já sofreram nos últimos meses”, disse.

COMO FUNCIONA A VIGILÂNCIA SANITÁRIA

Entende-se por Vigilância Sanitária um conjunto de ações capaz de eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde e de intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente, da produção e circulação de bens e da prestação de serviços de interesse da saúde.

“Todas essas ações visam assegurar, por meio das ações da ANVISA e suas autarquias, ou seja, as Vigilâncias Sanitárias Estaduais e Municipais, a garantia higiênico-sanitária dos produtos e serviços prestados à população”, esclareceu.

A Vigilância Sanitária de Três Lagoas atua na fiscalização da indústria, comércio e serviços, de alimentos, de medicamentos e de bens de interesse à saúde, executando fiscalizações de rotina e emergencial, nestes locais, assim como atendendo denúncias da população e de outros Órgãos do Poder Público. Também atende denúncias em residências sobre criação de animais, de saneamento, dentre outras.

FISCALIZAÇÕES NA PANDEMIA

O Setor de Vigilância Sanitária esclarece que pauta toda a sua fiscalização em Decretos no âmbito Municipal, Estadual e Federal, que são publicados e elaborados seguindo normas de prevenção e proteção da saúde pública, além de outras legislações sanitárias.

Atualmente, a equipe é pequena diante do tamanho da responsabilidade em conscientizar a população para o mal e perigo deste século com o Novo Coronavírus. São 12 fiscais, de nível médio e superior, com médico veterinário, farmacêutico, nutricionista, arquiteto e pedagogo, 01 coordenador, 01 administrativo e 01 motorista sempre atuando de forma responsável e tendo como foco a prevenção e segurança dos munícipes.

“Temos uma grande responsabilidade e somos cobrados por isso, não somente pelos poderes públicos, mas com a nossa consciência; pelos nossos valores. Trabalhamos com amor e compromisso, muitas vezes até a exaustão, porque sabemos o quão importante é para a sociedade estarmos em campo. Não é um momento fácil, mas acreditamos que logo isso passará”, finalizou.

Receba Informações na Palma da Sua Mão

Éstá gostando do conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on print
Print