19 de agosto de 2022 02:30

Imprensa Brasileira tenta passar a imagem de Bolsonaro isolado, mas o presidente foi um dos mais procurados do G20, VEJA VÍDEO

Terra Brasil Notícias

Mesmo antes de começar o G20 ele foi recebido pelo primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, que preside o encontro neste ano. Bolsonaro fez uma caminhada por alguns dos principais pontos turísticos da capital italiana, visitou restaurantes e o comércio local e tirou fotos com apoiadores.

Será recebido na cidade italiana que lhe dará o título de Cidadão Honorário de Anguillara Veneta, onde nasceu seu bisavô. O presidente deve comparecer na cidade no dia 1º de novembro.

Além do título de Cidadão Honorário, Bolsonaro também deve visitar o cartório local, onde estão os registros de seus antepassados.

Bolsonaro teve diversos encontros com líderes mundiais e é o representante que chama mais atenção dos curiosos no G20, inclusive das comitivas dos países que participam. Ele aparece cumprimentando e trocando algumas palavras com o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi e uma foto mostra o presidente do Brasil frente a frente com o presidente da Turquia, Tayyip Erdogan. Na fileira de baixo estão o presidente da OMS (Organização Mundial da Saúde), Tedros Adhanom, além de encontro com o Com o Primeiro-Ministro australiano Scott Morrison.

Mas a imprensa brasileira passa a imagem de um presidente isolado e de forma tosca tentam passar a imagem que ele é evitado por outros líderes. A situação é muito pelo contrário, em jantar, Angela Merkel dá risadas ao lado do presidente brasileiro que faz brincadeira com a chefe do executivo alemão: ” não sou tão mal quanto dizem” , já o primeiro ministro britânico Boris Johnson lhe cumprimentou como um velho amigo que reencontra.

Também na sexta-feira 29, o chefe do Executivo brasileiro teve uma audiência com o presidente da Itália, Sergio Mattarella, no Palácio do Quirinal. Até o momento, Bolsonaro tem evitado dar entrevistas.

De acordo com a programação divulgada pela Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom), o presidente se reuniu também com o secretário-geral da Organização de Cooperação para o Desenvolvimento Econômico (OCDE), Mathias Cormann.

Receba Informações na Palma da Sua Mão

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on print
Print