18 de agosto de 2022 10:53

“Deu Mole”: na festa sodomita do Ceará, Farofa da Gkay, a organizadora disse que os heterossexuais não deram conta: “tudo brocha”

Terra Brasil Notícias

Gessica Kayane (Gkay) – Divulgação

Gessica Kayane decidiu expor alguns bafões dos bastidores da badalada Farofa da Gkay, festa que durou três dias e contou com a presença de diversos famosos. Em entrevista ao PodDelas, podcast de Boo Unzueta e Tata Estanieck, a influenciadora revelou a insatisfação com atitudes de alguns convidados.

“Eu ia falar de outro assunto agora, de como os homens são moles. Muito [moles]! Sabe o motivo do Lipe [Ribeiro] pegar tanta, tanta gente? Porque o Lipe é o único que tem pau para pegar o povo. Eu chegava nos meninos héteros que eu convidei, ficavam todos parados, feito um ‘pangolão’”, criticou Gkay.

O amigo Rafael Uccman, que também participou do bate-papo, confirmou o relato da moça. “Teve uma hora que eu me senti no colegial. Estavam dois jogadores, a Gkay ali e, amor, eu tive que chamar eles. Sabe quando você vai fazer junção no colegial? Que você pega os adolescentes? A Gkay falou assim: ‘Quero te dar um beijo’. E o cara: ‘Ah, então…’, dando um fora. Só que na internet ficam assim: ‘Chegando lá vou te virar do avesso, vou te quebrar no meio…”, detalhou.

Segundo Gkay, os jogadores fazem parte de um time do Brasil. Após a dica, internautas apontaram que as indiretas poderiam ser para os atletas do Fortaleza, que estiveram presentes na curtição: Lucas Lima, Lucas Crispim e Éderson. A famosa ameaçou revelar os nomes dos esportistas, mas voltou atrás: “Agora, amor, se eu solto os nomes? Na internet é o cachorrão, tá?”, completou.

Metrópoles

Receba Informações na Palma da Sua Mão

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on print
Print