19 de agosto de 2022 22:42

Justiça condena soberano de Dubai a pagar valor bilionário recorde para ex-esposa

Terra Brasil Notícias

Nesta terça-feira, 21, a justiça britânica bateu recordes ao condenar o primeiro-ministro de DubaiMohammed bin Rashid Al Maktoum, a pagar a sua ex-esposa e filhos 550 milhões de libras, equivalente a 725 milhões de dólares, na maior indenização por divórcio já concedida por um tribunal inglês. O juiz Philip Moor ordenou que o governante de 72 anos pague 251,5 milhões de libras, cerca de 340 milhões de dólares, à sua sexta esposa, a princesa Haya Bint Al Hussein e 290 milhões de libras (385 milhões de dólares) para cobrir o sustento de seus dois filhos, de 9 e 14 anos, além de outros gastos – incluindo os de segurança – conforme acordo com a sentença. Segundo o veredito divulgado nesta terça-feira, o valor, que inclui dezenas de milhares de libras para férias ou gastos vinculados com animais domésticos, pode variar em função de diversos fatores, como em caso de uma reconciliação dos filhos com o pai.

Em outubro, o Tribunal Superior entendeu que Mohammad bin Rashed al Maktoum autorizou um ataque aos telefones de sua esposa e de seus advogados britânicos. Não foi provado que a ação estivesse vinculada à batalha legal no Reino Unido entre sua esposa e ele, que deseja o retorno dos dois filhos a Dubai. Porém, um volume “muito importante” de dados foi extraído do telefone da princesa, de quase 265 megabytes – o equivalente a 24 horas de gravação de voz ou 500 fotografias. O magistrado destacou que o soberano “assediou e intimidou a mãe (dos seus filhos) antes da sua viagem para a Inglaterra e a partir de sua chegada”, e que estava “disposto a tolerar que aqueles que agem em seu nome no Reino Unido o fizessem de maneira ilegal.”

Receba Informações na Palma da Sua Mão

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on print
Print