16 de agosto de 2022 12:37

Lula, Ciro e Moro ganham mais de R$ 20 mil por mês dos seus partidos

Terra Brasil Notícias

De acordo com o PT, Lula recebe remuneração por ‘exercer funções de direção partidária’ e ser presidente de honra do partido

Sonhando com o Palácio do Planalto, Lula (PT), Ciro Gomes (PDT) e Sergio Moro (Podemos) ganham mais de R$ 20 mil por mês dos seus partidos para exercer funções partidárias.

Além disso, eles recebem ainda orientação jurídica e de marketing pagos pelas legendas, destaca reportagem do jornal O Globo.

A lei eleitoral não proíbe que os partidos paguem políticos sem cargos eletivos e não estabelece um teto de gastos de uso do fundo partidário, formado de recursos públicos, doações e outras formas de arrecadação, para o pagamento de salários.

Mas especialistas apontam para a necessidade de maior transparência das siglas sobre os valores gastos com pessoal e serviços prestados.

Recém filiado ao Podemos, Moro receberá um valor bruto mensal de R$ 22 mil durante o ano eleitoral. Já Lula e Ciro Gomes, ganham cerca de R$ 22,8 mil e R$ 21,3 mil mensais.

Em valores líquidos, já considerados todos os descontos e impostos, Lula recebe R$ 22.816,51; Ciro, R$ 21.316,45; e Moro, R$ 15 mil.

De acordo com o PT, Lula recebe remuneração por “exercer funções de direção partidária” e ocupar o posto de presidente de honra do partido. Já o Podemos explica que Moro é vice-presidente estadual do partido, no Paraná, desde 10 de novembro.

Os presidentes nacionais das legendas também ganham bem. Valdemar Costa Neto ganha, em média, R$ 24 mil mensais do PL; Carlos Lupi, do PDT, R$20,6 mil; Carlos Siqueira, do PSB, R$28,6 mil; e Roberto Freire, do Cidadania, R$28,7 mil.

Receba Informações na Palma da Sua Mão

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on print
Print