16 de agosto de 2022 11:38

Jornalista é agredido na porta de TV e vai ao ar ensanguentado, VEJA VÍDEO

Terra Brasil Notícias

Daniel Carniel foi espancado momentos antes de iniciar seu programa

O jornalista e apresentador Daniel Carniel, que comanda o programa Prato Limpo – noticiário com formato parecido com o Balanço Geral, da RecordTV -, chocou os telespectadores ao aparecer no ar com o rosto machucado e ensanguentado. Carniel, que também é dono da Adesso TV, um canal por assinatura no Rio Grande do Sul, foi agredido na porta de sua emissora, na última sexta-feira (14), em Garibaldi.

De acordo com o comunicador, ele foi agredido com socos e pontapés por um homem não identificado. Carniel teve ferimentos no queixo, na boca e na costela, além de dois dentes quebrados. Ele precisou levar dez pontos na boca, internos e externos.

– Eu estava chegando para trabalhar, estacionei o carro e atravessei a rua, quando vi dois homens sentados [perto da porta do prédio da TV], o que é normal ter gente sentada ali. No momento em que estava atravessando, um dos rapazes foi embora e o outro ficou. Quando passei, ele perguntou: ‘você é o Daniel?’. Eu falei que ‘sim’. Ele me empurrou para o hall do edifício e me deu um soco. Fiquei zonzo. Ele me deu uma rasteira e caí no chão – disse o apresentador.

Mesmo machucado, o jornalista decidiu iniciar seu programa, para mostrar as agressões havia acabado de sofrer. Acostumado a fazer acusações contra políticos em seu programa, ele suspeita que a motivação tenha sido política.

– Por que eu fiz isso? Sensacionalismo? Não, porque o ambiente [político] que está na cidade, eles iam dizer ‘ah, esse programa forjou uma agressão…’. Daí eu fui para o ar para mostrar ‘não, gente, eu apanhei mesmo’. Isso não pode acontecer – disse.

Carniel foi quem acionou a Brigada Militar. Câmeras de segurança registraram o momento das agressões, e em breve serão analisadas pela polícia.

– O delegado… ele também acredita que seja motivação política, mas claro que ele vai investigar. Ele também suspeita que [o agressor] seja de fora. Há muitas imagens, e claras. Então a gente acha que logo vão encontrar [o suspeito] – afirmou.

Após o atentado, Carniel afirmou ter mudado sua rotina e contratado segurança privada.

Pleno News

Receba Informações na Palma da Sua Mão

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on print
Print