18 de agosto de 2022 22:27

Jogador tem parada cardíaca e morre em jogo sem desfibrilador e ambulância

Terra Brasil Notícias

Alexandros Lampis, jogador do Ilioupoli, da terceira divisão da Grécia, sofreu uma parada cardíaca durante uma partida e não resistiu. Não havia nem desfibrilador e nem ambulância no estádio em que estava acontecendo o jogo.

Segundo informações de jornais locais, Lampis, de 21 anos, não tinha como ser ressuscitado, pois não havia desfibrilador e a ambulância demorou 20 minutos para chegar ao estádio.

A notícia da morte do jovem jogador foi anunciada pelo Ilioupoli em suas redes sociais.

“Nosso Aleko, nosso amigo, nosso irmão, você partiu tão injustamente. Toda a equipe, toda a cidade está de luto hoje. As palavras não saem… apenas uma dor insuportável e um nó no estômago”, escreveu o clube.

O incidente acontece apenas oito meses após Christian Eriksen cair no gramado durante a Eurocopa 2020. Assim como Lampis, o meio-campista sofreu uma parada cardíaca. No entanto, os médicos conseguiram entrar em ação imediatamente e, com o auxílio de um desfibrilador, fizeram seu coração bater novamente.

Também houve outros incidentes preocupantes em torno das condições cardíacas de jogadores. Sergio Aguero, por exemplo, foi forçado a se aposentar depois de ter um problema no coração detectado.

UOL

Receba Informações na Palma da Sua Mão

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on print
Print