19 de julho de 2024 09:04

Ataque em Blumenau: Professora que ajudou a socorrer alunos na creche sofre infarto

Foto: Tiago Ghizoni/Diário Catarinense.

Terra Brasil Notícias

Patricia Kasburg, assessora jurídica da Creche Cantinho Bom Pastor, disse que uma professora da escola, identificada como Alaide, sofreu um infarto após o ataque ocorrido na instituição, na quarta-feira (5/4), em Blumenau (SC). As informações são do jornal O Globo.

Alaide, de 60 anos, passou mal na quinta-feira e foi internada às pressas, informou o jornal. Ela era uma das profissionais que estavam na creche quando a tragédia aconteceu e ajudou a socorrer os alunos.

A professora foi submetida a uma cirurgia para introduzir um cateter no coração – os médicos informaram que ela sofreu um “estresse pós-traumático muito grande”, que resultou no infarto. O sobrenome da docente foi preservado.

O massacre

Na última quarta-feira (5/4), um homem, de 25 anos, invadiu a creche Centro de Educação Infantil Cantinho Bom Pastor, e matou quatro crianças com uma machadinha. O massacre também deixou quatro pessoas feridas. Entre as vítimas hospitalizadas, uma está em estado grave.

De acordo com a polícia, o assassino pulou o muro da creche e tirou a vida de três meninas e um menino, de idades entre 4 e 7 anos, além de deixar quatro pessoas feridas.

Segundo o coronel Diogo de Souza, do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, o homem pulou o muro armado com uma arma branca: “Ele estava com uma machadinha e deferiu golpes nas crianças, especialmente na região da cabeça”.

Créditos: Metrópoles.

Receba Informações na Palma da Sua Mão

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Facebook
WhatsApp
Telegram
Twitter
Email
Print