23 de julho de 2024 02:10

Quanto ganhavam os jogadores investigados por manipular jogos da Série A

Foto: Murad Sezer/Reuters/VEJA)

Terra Brasil Notícias

Nesta terça, nove jogadores foram alvos de mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça

Investigação do MP de Goiás mostra que os jogadores profissionais de futebol, aliciados pelo esquema de manipulação de jogos nas Séries A do Brasileirão e em estaduais, faturavam entre 50.000 reais e 100.000 reais para manipular jogadas e resultados.

“A investigação indica que as manipulações eram diversas e visavam, por exemplo, assegurar a punição a determinado jogador por cartão amarelo, cartão vermelho, cometimento de penalidade máxima, além de assegurar número de escanteios durante a partida e, até mesmo, o placar de derrota de determinado time no intervalo do jogo”, diz MP goiano.

Nesta terça, nove jogadores foram alvos de mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça. Os investigadores dizem que há indícios de que as condutas previamente solicitadas aos jogadores buscavam possibilitar que os investigados conseguissem grandes lucros em apostas realizadas em sites de casas esportivas, utilizando, ainda, contas cadastradas em nome de terceiros para aumentar os rendimentos.

“Há suspeitas de que o grupo criminoso tenha concretamente atuado em pelo menos cinco jogos da Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2022, bem como em cinco partidas de campeonatos estaduais, entre eles, os campeonatos goiano, gaúcho, mato-grossense e paulista, todos deste ano”, diz o MP goiano.

Veja

Receba Informações na Palma da Sua Mão

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Facebook
WhatsApp
Telegram
Twitter
Email
Print