19 de julho de 2024 07:14

Plantão TBN: Polícia suspeita de conivência do MTST com o tráfico em São Paulo

Foto: Reprodução/MTST.

Terra Brasil Notícias

Polícia Civil de São Paulo suspeita que traficantes estejam usando uma área invadida pelo Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), na zona sul da capital paulista, como ponto de apoio para ações criminosas. A informação foi publicada neste sábado, 22, pelo site Metrópoles.

A área que fica na Estrada do M’Boi Mirim foi invadida em 2013 e abriga mais de mil pessoas ligadas ao movimento. De acordo com a polícia, moradores e militantes do MTST não são formalmente investigados.

Conforme a reportagem, cerca de 20 traficantes foram presos na região desde o início do ano. Os investigadores disseram que os criminosos frequentavam a área invadida.

No ano passado, o 100° Distrito Policial, responsável pela área, prendeu em flagrante 81 pessoas por tráfico de drogas. Em 21 casos analisados pela reportagem, os suspeitos foram detidos no entorno da área invadida pelo MTST.

As investigações sobre uma ação organizada do tráfico na região ainda estão em estágio inicial.

O MTST respondeu ao Metrópoles, por meio de nota, que refuta as suspeitas e que vê ação política da polícia. “A própria reportagem afirma que nenhum integrante do movimento está implicado nas investigações. Por isso, lamentamos mais uma tentativa de criminalizar o MTST, que atua na luta por moradia há 25 anos e já conquistou casa e teto para mais de 15 mil pessoas.”

Créditos: Revista Oeste.

Receba Informações na Palma da Sua Mão

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Facebook
WhatsApp
Telegram
Twitter
Email
Print