19 de julho de 2024 07:25

Clubes da Série A começam a se irritar com a Globo

Terra Brasil Notícias

Foto: Reprodução

A TV Globo, que já enfrenta uma disputa judicial com o Flamengo por causa do Cartola FC – um game criado em 2005 em que torcedor escala os jogadores e técnicos com base no que acontece na vida real – volta a explorar a marca dos clubes da Série A e pode sofrer consequências por isso.

Neste domingo (14/5), um anúncio da emissora fazia uma convocação aos telespectadores para a nova temporada do programa Futebol Fantasia, que começa no próximo final de semana:

“A competição mais ‘carisma’ do planeta. É a segunda temporada do Futebol Fantasia do Esporte Espetacular. São 17 mascotes, quatro treinadores, confinados num Hotel Fazenda para enfrentar vários desafios. No ano passado o Galo Doido, do Atlético-MG, conquistou o troféu. E agora, qual o mascote vai vencer?”

Tem de tudo um pouco no programa: os mascotes dos clubes da Série A se enfrentaram em diferentes provas, como golzinho, estoura bexigas, breaking e corrida com barreira.

Parece tudo muito divertido, mas tem gente que está incomodada com isso. Um presidente de clube da Série A falou com exclusividade com a coluna e – embora prefira por enquanto ficar sob o anonimado – fez uma advertência:

“Isso tudo vai mudar, na medida em que os clubes estão aderindo ao modelo de SAF. Os clubes estão deixando de ser associações e se transformando em empresas. E empresa visa o que? Visa lucro. Se estão usando a nossa marca, é lógico que precisam pagar por isso”, revelou.

Isso realmente faz sentido, porque a Globo, tanto no Cartola FC, como no Futebol Fantasia, tem grandes patrocinadores pagando a conta. Esses projetos não existiriam se não houvesse as marcas dos clubes e os seus milhões de torcedores espalhados por todo o país.

Metropoles

Receba Informações na Palma da Sua Mão

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Facebook
WhatsApp
Telegram
Twitter
Email
Print